Imagine um destino de pesca onde você tem a possibilidade de pescar um número ilimitado espécies esportivas de água salgada, uma paisagem verdadeiramente exótica das águas do oceano primitivo e exuberantes Ilhas tropicais que bem poderia ultrapassar qualquer coisa que você jamais imaginou.

Este é o mundo extraordinário do Panamá, no idioma indígena, Panamá significa "abundância de peixes", localizado nas margens do Oceano Pacífico e do mar do Caribe, mantém todo o tipo de surpresas e uma fauna marinha das mais ricas e exuberantes do mundo.

A estadia no Panamá causa grande interesse pela diversidade de lugares, que resumidamente pode-se visitar, em oposição ao ambiente habitual. O truque está em saber claramente o motivo principal da viagem, o que será determinante na hora de selecionar destinos, atrações e atividades a realizar.

Se o objetivo da viagem for a pesca esportiva, sem dúvida que a costa do Pacífico é o local mais indicado, são inúmeras as opções de pesca nesta região.

Suas águas ricas em alimentos são ideias para a pesca esportiva, os lugares mais destacados por sua abundante biodiversidade são as águas do golfo do Panamá, o arquipélago de Las Perlas, o golfo de Montijo e as vizinhanças da ilha de Coiba, assim como o golfo de Chiriquí e a Baía Piñas, em Darién.

A melhor época para pesca esportiva no Panama vai de janeiro a maio, essa é a época das secas na região, chove menos, além da água estar mais fria e mais rica em alimentos, atraindo inúmeras espécies de peixes esportivos.

Inúmeros são os recordes de pesca obtidos em águas panamenhas, a Bahia de Pinas é reconhecida mundialmente pela quantidade de recordes mundiais registradas em suas águas pela Associação Internacional de Pesca Esportiva (IGFA).

É muito importante contar com um bom guia para saber o tipo de peixe que você pode encontrar em cada ilha, o Brasil Cristalino possui grande experiência na região e oferece pacotes exclusivos para o Turismo e para a prática da Pesca Submarina no Panamá.

O Panamá também é uma excelente opção para o mergulho livre, além da rica vida marinha a maioria das ilhas possuem enseadas abrigadas com excelente visibilidade, ideais para a prática do esporte.

O Panamá não se resume ao seu lado selvagem da costa do Pacífico, existem excelentes opções de turismo no lado Caribenho, lugares como Boca Del Toro, Colón e San Blas ( nome atual é Guna Yala ) são excelentes destinos turísticos de águas cristalinas, bem ao estilo caribenho.

Difícil falar do Panamá sem destacar seu famoso "canal" que liga o Oceano Atlântico ao Pacífico, o canal tem 80 quilômetros de extensão e é percorrido aproximadamente em oito horas, dependendo do tráfego. Por ele passam anualmente 12 mil navios, cargueiros e também luxuosos transatlânticos, com turistas de todo o mundo. Em suas extremidades ficam a Cidade do Panamá, no Pacífico, e Colón, no Atlântico (Mar do Caribe), vale a pena conhecer.

Para mais informações acesse: http://www.brasilcristalino.com.br/