Morreu neste domingo (13/11/2016), aos 85 anos, o mergulhador italiano Enzo Maiorca, considerado um dos maiores mergulhadores em apnéia de todos os tempos e conhecido em seu país como o "rei das profundezas", devido a seus inúmeros recordes mundiais de apneia.

Nascido em Siracusa, na região da Sicília, Maiorca também foi Senador da República (1994-1996) pelo partido ultraconservador Aliança Nacional. Seu primeiro recorde mundial de apnea foi batido em 1960, quando mergulhou a 45 metros e superou o brasileiro Américo Santarelli, com quem rivalizou durante alguns anos. Mas sua melhor marca foi registrada em 1988, já com 57 anos, quando mergulhou 101 metros de profundidade.

Enzo Maiorca junto de seu eterno rival Jacques Mayol protagonizaram uma das maiores disputas de apnea de todos os tempos, inspirando o filme de grande sucesso "The Big Blue".

Depois de deixar o mergulho competitivo, Maiorca se dedicou a proteger o ambiente marinho, em 2013, através de um convite de Paul Watson, Enzo Maiorca passou a integrar o Conselho de Administração Internacional da Sea Shepherd.

"No amanhecer de hoje, um daqueles dias de sol nos quais o mar do porto de Siracusa parece imóvel, nos deixou um grande concidadão.

Obrigado, Enzo Maiorca, boa viagem", disse o prefeito da cidade siciliana, Giancarlo Garozzo.