Os gregos donos da casa venceram o mundial de pesca submarina 2016 por nações, no individual o título ficou com o atleta de Chipre George Vasiliou.

A seleção brasileira ficou com o honroso 17° lugar, nossos atletas se dedicaram muito para essa competição, alguns deles até fizeram cursos especializados em apnea avançada e mergulho profundo, mas infelizmente as condições não foram favoráveis para a maioria dos atletas, grande parte não conseguiu pontuar uma única peça válida durante toda a competição, muito complicado realizar uma competição deste nível nestas condições.

Houve vários relatos da utilização ilegal do Sputnik na competição, alguns atletas foram flagrados descendo com lastro variável, deixando o mesmo no fundo, e ao invés do próprio atleta puxar o lastro na superfície, outra pessoa acabou fazendo esse trabalho, poupando o mergulhador e dando vantagem na sua recuperação. Infelizmente não havia fiscalização suficiente para punir todos atletas que praticaram essa irregularidade, esperamos que isso não ocorra nas próximas competições.

Pescador Grego Giannis Sideris, ficou em segundo lugar no individual