A Indonésia comemorou os seus 75 anos de independência de uma maneira inusitada: afundando dezenas de barcos capturados que serviam para pesca predatória em suas águas. 

Desde 2014, quando presidente Joko Widodo assumiu, Jacarta tem sido a maior inimiga da pesca ilegal em todo o Oceano. O mandatário entende que o País tem muita dependência da pesca e precisa ter seus piscosos arquipélagos preservados. 

No entanto, a maneira de conter a ação de embarcações oriundas de outros países asiáticos chama a atenção: “é a lei da bala”. A Marinha indonésia está autorizada a naufragar os barcos de pesca.

Há pouco tempo houve um sério atrito com a China, o qual, quase proporcionou uma verdadeira “batalha naval” em pleno Índico.